Espuma carnaval

Uma criança de 10 anos morreu após brincar com uma espuma em spray durante uma festa de carnaval em Cachoeira Dourada, no interior de Minas Gerais. A Polícia Civil em Capinópolis, cidade onde a menina foi atendida pelo médico, está investigando o caso.

Segundo a família da vítima, o produto foi comprado de um vendedor ambulante. Depois de passar mal, a menina foi levada para a Unidade Mista de Saúde de Cachoeira Dourada. De acordo com informações do secretário de Saúde de Cachoeira Dourada, Mário de Oliveira, a criança foi atendida no local e, em seguida, encaminhada de ambulância para o município de Capinópolis.

O G1 entrou em contato por telefone com a unidade médica de Cachoeira Dourada para mais informações sobre o atendimento e o motivo pelo qual ocorreu a transferência, mas não obteve detalhes da passagem da criança pelo hospital.

A reportagem também entrou em contato com o Pronto Socorro de Capinópolis, onde foi confirmada a passagem da criança, mas não souberam informar sobre a morte da menina.

Causa
Com relação a possível causa da morte estar relacionada ao spray de espuma, o secretário de Saúde de Cachoeira Dourada relatou que aguarda o laudo dos exames feitos durante a investigação para tomar as medidas necessárias acerca da fiscalização da venda do produto na cidade.

Ao G1, o Instituto Médico Legal (IML) de Ituiutaba informou que o óbito da vítima foi por insuficiência respiratória. Contudo, outros exames ainda serão feitos para conclusão da causa da morte.

Cuidados

Neste Carnaval é preciso que os foliões fiquem atentos aos danos causados pelo spray de espuma, produto famoso nessa época do ano. Os prejuízos podem ser fatais, levando até mesmo, nos casos mais graves, a lesões oculares que podem comprometer a visão. Os principais danos que ele pode causar lesões na pele, mucosas (olhos principalmente) e irritação respiratória.

Esse tipo de spray utiliza substâncias como o poliuretano, além de gases para o efeito de spray (gás butano).

Por isso, além de usar o brinquedo com bom senso, o ideal é não deixá-lo nas mãos de crianças — que, sem ter noção do perigo, acabam atirando a espuma em direção ao rosto de outras pessoas.

Com informações do G1, Vila Mulher e Extra

Leia também: Alerta: desafio perigoso chega ao Brasil e pode causar morte

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *