Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Atualidades
Alerta: desafio perigoso chega ao Brasil e pode causar morte

12 de fevereiro de 2020

“Brincadeira” perigosa viralizou e chegou as escolas brasileiras deixando pais alarmados

Alerta: desafio perigoso chega ao Brasil e pode causar morte

Um novo desafio perigoso entre crianças e adolescentes está circulando pela internet e alguns relatos e vídeos comprovam que já chegou ao Brasil. Especialistas alertam os pais e responsáveis para os perigos que a prática pode causar.

Um vídeo filmado em uma escola na Venezuela mostra o desafio, chamado de “cráneo roto” ou “quebra-crânio” que é feito com a participação de três pessoas. As que ficam na extremidade já sabem como o jogo funciona. Elas pulam primeiro, e a do meio, que não sabe de nada, pula em seguida levando uma rasteira das que estão ao seu lado. A pessoa é pega de surpresa e pode bater com a cabeça ou outras partes do corpo com muita força no chão.

 

Esse vídeo gravado em um colégio na Venezuela mostra exatamente como funciona a “brincadeira” e a gravidade da queda do garoto. Após a divulgação desse vídeo, algumas fontes afirmaram que o garoto havia sofrido fratura craniana. Porém, de acordo com a agência AFP, que contatou a escola, as notícias são falsas e o garoto está bem.

Alerta

O que muitos podem achar engraçado, na verdade é mais perigoso do que se imagina. A queda pode causar fraturas, traumatismo craniano e até a morte. “Brincadeira muito perigosa com risco de traumatismo craniano, lesão em coluna, enfim… consequências graves!”, explicou a pediatra Dra. Loretta Campos em seu Instagram.

A médica Dra. Erica Mantelli também fez uma alerta em sua página sobre o desafio. “Uma ‘brincadeira’ que os amigos podem achar engraçado, que não tem nada de mais… mas que na verdade pode levar a um traumatismo craniano e até morte! Super sério! A crianças e adolescentes fazem porque não têm noção do perigo”.

Os pais precisam conversar com os filhos e alertá-los quanto a esses desafios lançados na internet que podem até levar a morte.  É preciso ensinar as crianças e adolescentes a dizer NÃO, a não participarem dessas “brincadeiras”. Como as crianças são vulneráveis e facilmente manipuladas, os pais precisam as encorajá-las a dizer “Não” para tudo o que não for bom para elas.

 

Leia Mais: Campanha alerta para os perigos do cyberbullying, o bullying na internet

Leia Mais: 4 dicas para manter seu filho seguro na internet

Leia Mais: 10 principais ameaças a crianças e adolescentes na internet

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS