Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Atualidades
William e Kate proíbem George e Charlotte de acessar eletrônicos

27 de julho de 2017

William e Kate proíbem George e Charlotte de acessar eletrônicos

Que mamãe nunca colocou vídeo da Peppa no tablet ou celular para acalmar o filho, não é mesmo? Pois é, a Família Real Inglesa não é bem assim. Fontes próximas ao Casal Real contaram à revista US Weekly que o príncipe William e a duquesa Kate Middleton proíbem os filhos George e Charlotte de acessar aparelhos eletrônicos como tablets e celulares.

“Eles enxergam (eletrônicos) como brinquedos do papai e da mamãe, não das crianças. Como duas pessoas que nasceram sem gadgets para entretê-los, Kate e William acreditam firmemente em brinquedos, atividades ao ar livre e tudo que estimule a imaginação”, disse a fonte.

Segundo a US Weekly, George se interessa bastante por tudo que tenha rodas e a cada dia que passa entende mais que seu mundo é diferente das outras crianças. Já a princesinha Charlotte é apaixonada pelo universo das princesas, mesmo sem ainda preceber que é uma.

 

Leia Mais: 9 momentos superfofos da Princesa Charlotte

 

Perigos do uso de celular por crianças

 

Um fator a ser considerado é que o celular pode ser um meio de comunicação fácil e rápido entre pais e filho, mas também permite que a criança esteja conectado a rede onde têm acesso as redes sociais e aos perigos que a internet trás, como por exemplo a pedofilia. Há ainda, um agravante: uma criança com um aparelho celular em mãos se torna alvos fáceis de ações criminosas, já que o celular é o item mais roubado no país.

Quando se trata de bebês e crianças menores a preocupação aumenta. Os bebês estão tendo um contato mais cedo e frequentemente com tablets e smarthphones, o que especialistas alertam para os riscos dessa alta exposição.

A Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Canadense de Pediatria faz um alerta sobre algumas razões pelas quais crianças menores de 12 anos não devem utilizar esses aparelhos sem controle dos pais, sendo que bebês de 0 a 2 anos não devem ter contato algum com essa tecnologia e crianças acima de 2 anos devem ter o uso restringido a uma hora por dia.

 

 

Aprenda um monte de brincadeiras usando coisas que todo mundo que tem filhos tem em casa! 

 

 

 

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS