Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Você sabe o que é puericultura?

6 de Março de 2017

Você sabe o que é puericultura?

Manter a criança bem, por meio de um atendimento preventivo realizado pelo pediatra, compreendendo uma avaliação global do pequeno, levando em conta a criança, sua família e o entorno, enfim, analisando o conjunto bio-psico-sócio-cultural no qual está inserida. Isso é puericultura!

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que as consultas ocorram, principalmente, quando a criança não está doente: mensalmente no primeiro semestre de vida; trimestralmente até 18 meses; semestralmente, dos 18 meses aos 4 anos, e anualmente durante toda a idade escolar, inclusive na adolescência, que termina quando o jovem completa 20 anos. Quanto mais nova a criança, mais frágil e vulnerável, daí a necessidade de consultas mais frequentes.

De acordo com a pediatra e neonatologista Dra. Luciana Perrini, nessas consultas o especialista faz a avaliação da criança e dá uma orientação personalizada, em que aborda os principais aspectos do desenvolvimento, que são: estado nutricional, história alimentar, curva de crescimento, desenvolvimento neuropsicomotor, comportamento, risco de acidentes, estado vacinal, atividades físicas, visão, audição, saúde bucal, sono, desenvolvimento da sexualidade, cuidados domiciliares, condições do meio ambiente e até o desempenho escolar.

“Acostume-se a agendar previamente essas consultas, principalmente antes de o seu bebê nascer. Você vai ver como é fácil e como a criação da criança saudável vai lhe dar a satisfação que você merece”, aconselha. É muito importante que os pais possam estabelecer uma relação de mútua cooperação com o seu pediatra, tendo alguém de confiança a quem recorrer nos casos de dúvidas, para o seguimento preventivo do crescimento e do desenvolvimento de seu filho e nos casos de doença, alguém habilitado para ajudar a cuidar adequadamente da criança.

Mil dias

Nessa ampla avaliação da criança realizada na consulta com o pediatra, a Dra. Luciana destaca a importância do aspecto nutricional, como o aleitamento materno, a alimentação complementar, a alimentação da família e estímulos para o desenvolvimento saudável. “Atualmente, existe o conceito dos mil dias, que compreende o período desde a concepção até o bebê completar dois anos de vida. Uma nutrição adequada nesse período irá certamente contribuir para que seu bebê mantenha-se saudável por toda a infância”, orienta.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS