Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Testes de alergia: quais os tipos e as indicações?

15 de Abril de 2019

Os testes alérgicos são desenvolvidos para fornecer informações as mais específicas possíveis para o melhor tratamento

Testes de alergia: quais os tipos e as indicações?

Para o diagnóstico preciso de uma alergia, além de uma história detalhada (anamnese) com um alergista, muitas vezes é necessário realizar alguns testes. Os testes alérgicos são desenvolvidos para fornecer informações as mais específicas possíveis, de forma que seu médico possa identificar qual é substância ou alérgeno que causa a alergia, empregando o tratamento mais adequado em cada caso. Segundo o especialista em alergia e imunologia Dr. Hermínio Ramos, os mais usados são o Prick-Teste e o Patch-Teste (Teste de Contato).

O Prick-Teste é um método de avaliação das alergias com anticorpos IgE (Imunoglobulina E), responsáveis pelas reações imediatas (ocorridas em 30 minutos até duas horas). É seguro, eficaz e permite avaliação de seu resultado em apenas 15 minutos. O Dr. Hermínio explica que a aplicação desse teste é extremamente útil nos casos de alergias respiratórias, como rinite, rinoconjuntivite alérgica e asma, permitindo identificar o agente responsável.

São testadas as principais espécies de ácaros da poeira, mofo, pelos de animais e pólens comuns em nosso meio, de forma que o paciente pode realizar um controle ambiental específico para seu caso e, portanto, mais eficaz. “Em casos selecionados, o resultado do teste estabelece a composição da imunoterapia (vacinas para alergias), único tratamento capaz de alterar a evolução da doença alérgica, pois controla os sintomas de forma precoce e mantém o paciente assintomático por diversos anos”, avalia o especialista.

Nos casos de pacientes com suspeita de alergia alimentar o Prick-Teste identifica a comida causadora do quadro, fazendo com que a exclusão de alimentos seja mais focada, ou seja, retirando apenas os alimentos que causam alergia, sem comprometer a nutrição do paciente e facilitando o manejo por familiares e as refeições em ambientes sociais.

Já o Patch-Teste – ou Teste de Contato – é o exame padrão-ouro para diagnóstico das dermatites de contato, que podem ser causadas por diversos agentes, como metais de bijuterias, produtos de limpeza, pomadas, cremes e maquiagens. De acordo com o Dr. Hermínio, a avaliação é composta por 30 substâncias da bateria padrão e 10 da bateria de cosméticos. Com o resultado em mãos, o paciente é orientado sobre a identificação de todos os produtos relacionados ao quadro e como realizar a exclusão de forma eficaz.

“A avaliação individual na suspeita de quadro alérgico é fundamental para seleção do teste adequado para cada caso, pois o teste específico fornece informações importantes sobre os causadores e auxilia nas decisões referentes à sequência de tratamento, inclusive o uso de vacinas para alergias, promovendo um grande impacto positivo na qualidade de vida do paciente”, ressalta.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS