Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Compras
Ter filha menina é 30% mais caro do que ter menino

20 de julho de 2018

Pesquisa da Abefin aponta que as pequenas gastam mais com itens de beleza

Ter filha menina é 30% mais caro do que ter menino

Mais gastos com cabelos e unhas, roupas, acessórios e itens de beleza são a justificativa da pesquisa da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros) que diz que as filhas podem dar até 30% mais gastos aos pais do que os meninos.

Levantamento realizado nos últimos anos com 15 mil pais de crianças entre 7 e 12 anos mostrou que há muito mais opções de produtos voltados ao público feminino, como cadernos e outros itens escolares, por exemplo. Há infinitas opções a mais para as meninas do que para os meninos em todos os segmentos do comércio infantil.

Além disso, é entre os 9 e 12 anos que as pequenas começam a gostar de se arrumar mais, e voltam seus olhares para os produtos de beleza e maquiagens, como shampoos, cremes, batons, sombras e perfumes.

A pesquisa mostra ainda, que muitos destes produtos, como roupas e brinquedos destinados às princesas são mais caros do que os direcionados aos garotos.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS