Política de Privacidade Como Anunciar
Dicas do Enxoval Quando Vai Nascer Seu Bebê na Capa Ver Todos
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Saiba mais sobre a Síndrome da Morte Súbita do Lactente

8 de outubro de 2019

Problema é a causa inexplicável de morte de bebês na faixa de 2 a 4 meses de vida em 90% dos casos

Saiba mais sobre a Síndrome da Morte Súbita do Lactente

As causas de mortes relacionadas ao sono infantil são uma das maiores preocupações para os pais. A imaturidade cardiorrespiratória dos bebês pode ser uma explicação, podendo estar associada à situações de risco durante o sono. A Síndrome da Morte Súbita do Lactente (SMSL) é a causa inexplicável de morte de bebês na faixa de 2 a 4 meses de vida em 90% dos casos, em média 4 mil mortes por ano nos EUA. No Brasil ainda não há estatísticas definidas, conta a enfermeira especialista em cuidados neonatais Valéria Moro Maieski, consultora de amamentação da Nova Nutriz.

Segundo ela, nessas estatísticas, os fatores que chamam mais atenção são ser prematuro e/ou de etnia negra, ser menino, e existência de casos na família. A enfermeira destaca como causas prováveis da síndrome os seguintes fatores:

  • Bebês que dormem de bruços ou de lado;
  • Superaquecimento ou frio;
  • Sufocamento por cobertas, travesseiros, pelúcias e acessórios soltos no berço;

Como evitar?

  • Fazer o pré-natal corretamente na gestação;
  • Evitar fumo e álcool durante a gestação ou usar medicações por conta própria;
  • O bebê nunca deve dormir na cama dos pais;
  • Dormir de barriga para cima, com a cabeça lateralizada;
  • A fralda não deve estar apertada;
  • Colchão do berço firme, elevado, e usar o sob lençol bem esticado e preso;
  • Nunca usar cobertas soltas sobre o bebê ou cobrir até a altura do tórax, deixando os braços livres;
  • Evitar fazer o charutinho durante à noite;
  • A distância entre as grades do berço deve ser de 6 cm;
  • Evitar protetores de berço;
  • Temperatura do ambiente ideal até 25°;
  • Amamentar desenvolve o sistema respiratório do bebê;
  • Evitar colocar roupas demais;
  • Orientar todos os que fazem parte do cotidiano do bebê;
  • Dormir até 1 ano de vida no quarto dos pais pode evitar em 50% a chance de morte súbita de acordo com a Academia Americana de Pediatria (AAP);
  • Busque orientação profissional especializada, como de enfermeiras neonatais, pois elas desempenham um papel vital na prevenção da SMSL na educação das famílias, no atendimento pós-parto em visitas domiciliares, e na modelagem do comportamento dos pais nos cuidados com seus filhos;
  • Valéria lembra que o uso da chupeta, se recomendada, é indicado somente nas sonecas, depois da amamentação ser consolidada. “O uso da chupeta não evita a SMSL”, destaca.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS