Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Quais são os primeiros cuidados com os dentinhos do bebê?

2 de maio de 2017

Quais são os primeiros cuidados com os dentinhos do bebê?

Em geral por volta do sexto mês aparecem os primeiros dentinhos do bebê, mas há casos de crianças que têm dentes antes ou depois disso, sem prejuízo algum. Assim que o primeiro dente despontar, é hora de marcar uma consulta com o odontopediatra, o que deve se repetir a cada seis meses. Isso porque, quando o assunto é boca, o melhor tratamento é a prevenção, garante a odontopediatra Dra. Karla Shangela.

Ela explica que assim que o primeiro dente erupcionar, após cada alimentação, já deve-se escovar os dentinhos do bebê com escova de dentes apropriada. “Lembre-se de que enquanto os dentes estão nascendo as gengivas ficam bastante sensíveis, então limpe-as delicadamente. Não deixe de limpar por medo de machucar o bebê, porque, na verdade, esse cuidado diminui infecções na região, gerando alívio”, orienta. A primeira escova deve ter cerdas macias e uma cabeça pequena, que permita alcançar facilmente todas as partes da boca. Verifique na embalagem a idade recomendada para o uso.

O uso do creme dental fluoretado também deve ter início nessa fase. Mas pode? Sim, pois isso é um fator fundamental para a prevenção da cárie, afirma a Dra. Karla. No entanto, converse com seu odontopediatra sobre a frequência e a quantidade adequadas. “O indicado é o equivalente ao tamanho de um grão de arroz e, depois que seu filho tiver três anos, de uma ervilha”, acrescenta a especialista.

Para escovar, faça movimentos suaves tanto nas paredes internas como nas externas dos dentinhos. Não se esqueça da língua, para não haver acúmulo de bactérias que causam mau hálito. “Como a quantidade de creme dental é realmente bem pequena, não há necessidade de enxágue, porém crie o hábito logo que o bebê conseguir cuspir”, aconselha a odontopediatra.

O cuidado com a higiene oral deve ser redobrado se o bebê mama de madrugada, para evitar a cárie de mamadeira ou de peito, que se forma, geralmente, entre os dentes da frente.  “O ideal é escovar os dentes, mas na impossibilidade de escovar ajudaria passar gaze ou fralda umedecida sobre os dentes e retirar o excesso de leite da boca, mas isso não substitui a escovação”, alerta.

Fase a fase

Até os 5 anos de idade a escovação é de responsabilidade dos pais; entre 5 e 7 anos, a escovação deve ocorrer em conjunto com os pais. Dos 7 aos 9, os pais fazem apenas a última limpeza, antes de dormir. Isso porque, durante o sono, a produção de saliva é reduzida e é justamente ela que promove a autolimpeza na boca. A escova de dentes deve ser trocada regularmente a cada 3 meses ou antes disso, caso seu filho morda as cerdas da escova e elas estejam tortas. Casos de infecções na garganta ou boca também são fatores para trocar a escova de dentes antes desse período.

 

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS