Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Por que algumas crianças têm cáries com mais facilidade que outras?

27 de novembro de 2019

Além de doenças, medicamentos e dieta açucarada, a genética também contribui para o surgimento da cárie

Por que algumas crianças têm cáries com mais facilidade que outras?

Se o seu filho escova os dentes, no mínimo, três vezes ao dia, faz uso de enxaguante bucal e fio dental, mas ainda assim, vira e mexe, tem cáries, estudos podem te ajudar nessa questão. De acordo com pesquisadores da Universidade de Zurique, um complexo genético influencia na formação do esmalte dental.

Conforme publicado no site Odontodivas, equipes do instituto de Ciências da Vida Molecular e Centro de Medicina Dentária fizeram pesquisas em camundongos. Estas revelaram que a formação das cáries está ligada não apenas com as bactérias, como também à resistência dos dentes.

Ou seja, ao utilizarem métodos genéticos, bioquímicos e moleculares, os pesquisadores chegaram a três proteínas que influenciavam na estrutura dos dentes. Portanto, a pessoa que possui dentes com esmalte menos estável, tendem a sofrer com a penetração mais fácil desses agentes.

Então, mesmo que a higiene bucal seja perfeita, as chances de ter cáries é maior para a pessoa com algum defeito genético. Porém, que fique claro que manter a boa escovação é essencial para a saúde da boca. Saiba que as pessoas com mais propensão a esse problema, ao não escovar os dentes de forma adequada, aumentam os riscos de cáries.

Fatores gerais que podem contribuir com as cáries

Além da higiene e do estudo relatado acima, alguns fatores podem contribuir para que o seu filho desenvolva cáries. Entre eles:

Medicamentos e doenças

Medicamentos e algumas doenças podem comprometer a quantidade e qualidade das salivas. É importante saber que ela é importante para evitar o acúmulo de bactérias na boca. Ao ter sua produção e qualidade comprometida, ela não atua de forma adequada. Ou seja, não poderá proteger, adequadamente, a boca contra vários problemas bucais. Inclusive, a boca seca pode prejudicar a estrutura dos dentes.

Dieta açucarada

O hábito de comer muito doce prejudica todo o corpo, inclusive, a boca. As bactérias vivem naturalmente em nossa boca e grudam nos dentes, podendo formar a tão temida placa bacteriana. Ao ser exposta ao açúcar, as bactérias presentes na placa transformam-no em ácidos, que dissolvem os minerais dos dentes.

Como proteger meu filho da cárie?

Você pode ajudar o seu filho contra as cáries. Para isso:

  • Ensine-o e ajude-o a ter hábitos de higiene bucal adequados.
  • Leve-o a consultas periódicas com o dentista.
  • Supervisione a limpeza bucal do seu filho, ao menos, duas vezes ao dia.
  • Invista em itens de higiene bucal infantil, de forma a incentivar o pequeno a manter boa higienização.
  • Cuide da alimentação, evitando alimentos açucarados e pegajosos.

Qual o tratamento contra cárie?

É importante consultar o dentista para que esse indique o tratamento para as lesões causadas pela cárie. Geralmente, os profissionais indicam a restauração do dente afetado, em caso de cáries mais profundas.

Contar com um plano odontológico é importante para manter profilaxia. Com ele, o seu filho poderá manter consultas periódicas e evitar problemas maiores que interferem na saúde bucal.

Por: Andreia Silveira, mãe e redatora no site PlanodeSaúde.net.

 

Confira também:

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS