Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
Fazer plásticas combinadas é a melhor opção para a mamãe?

31 de outubro de 2018

É importante avaliar cada caso com responsabilidade para garantir a segurança na realização dos procedimentos

Fazer plásticas combinadas é a melhor opção para a mamãe?

Lipoescultura com abdominoplastia, lipoescultura com prótese de mama, lipoescultura com mamoplastia com ou sem prótese, mamoplastia com abdominoplastia e face com blefaroplastia. Com certeza você já ouviu falar em uma mulher que fez mais de uma cirurgia plástica em um único tempo cirúrgico como essas mencionadas. Buscando praticidade, economia, recuperação mais rápida e, claro, maior satisfação com o próprio corpo, tem crescido o número de mulheres que optam por se submeter a plásticas combinadas. O importante, ressalta a cirurgiã plástica especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Dra. Gisele Zanato, é avaliar cada caso com responsabilidade para garantir a segurança na realização dos procedimentos. Saiba mais em entrevista com a especialista:

Qual o perfil do paciente que busca as cirurgias plásticas combinadas?
Para ser possível realizar a cirurgia plástica combinada o paciente, de preferência, não deve apresentar excesso de peso, pois nesses casos o risco da cirurgia já é maior, e cresceria ainda mais se combinássemos procedimentos. Devemos avaliar também a saúde da paciente, devendo evitar grandes associações quando existe alguma comorbidade, ou seja, alguma doença que o paciente possua que pode estar compensada ou não, como diabetes, hipertensão, asma, entre outras.

Há limitações nas associações de cirurgias plásticas?
Devemos limitar as combinações de acordo com a área total do corpo a ser operada, não devendo ultrapassar muito os 40% de superfície corporal. O tempo cirúrgico deve ser o menor possível, nunca passando de 6 horas, pois sabe-se que a partir daí o risco de complicações aumenta bastante. Devemos limitar também quanto à previsão de sangramento, pois cirurgias que costumam apresentar uma maior perda sanguínea, se associadas, podem causar uma pior recuperação ao paciente, pois ele sofrerá mais com os efeitos da anemia, que são fraqueza, cefaleia, tontura, náuseas, vômitos, podendo até prejudicar a cicatrização e algumas vezes precisar de transfusão sanguínea se a perda de sangue for muito significativa.

Normalmente, quanto tempo dura um procedimento de cirurgia plástica combinada?
O tempo cirúrgico vai depender de quais cirurgias estão sendo associadas e da complexidade de cada uma e para cada paciente, pois pode variar de caso a caso.

O tempo prolongado de cirurgia é um risco a mais para a mulher? Por quê?
Sabe-se que quanto mais prolongado o tempo de cirurgia, maior o risco de complicações para a paciente, com aumento de cerca de 11% a mais de risco a cada 30 minutos de acréscimo no tempo cirúrgico, segundo trabalhos científicos.

A equipe que opera é a mesma de uma cirurgia plástica única? Qual a composição?
A equipe cirúrgica é a mesma na cirurgia única ou combinada, podendo ser acrescida de mais um cirurgião plástico, de confiança do cirurgião, para ganhar tempo nas suturas de pele e reduzir o tempo cirúrgico total.

Que combinações não são indicadas?
Não devemos associar cirurgias que sejam muito grandes ou que dificultem muito o pós-operatório da paciente, como prótese de glúteo associada à mamoplastia, pois dessa forma não restaria posição para a paciente se deitar.

É possível aproveitar a cirurgia de cesariana para me submeter a um procedimento de cirurgia plástica? Por quê?
Não se deve aproveitar a cesariana para realizar cirurgias plásticas, pois após o parto a mulher vai precisar de todas as suas forças e energias para cuidar do seu bebê, e o corpo dela vai mudar muito nos primeiros seis meses de pós-parto. Por isso, o ideal seria que ela aguardasse o tempo necessário de sua recuperação e retorno do corpo ao máximo do normal para então se dedicar a estética e a outras cirurgias.

Quais os cuidados pós-operatórios em cirurgias plásticas combinadas?
As cirurgias plásticas combinadas também exigem repouso e cuidados específicos para cada cirurgia que foi realizada. No entanto, como foram feitos mais procedimentos de uma vez só, deve-se prestar bastante atenção à hidratação e à alimentação para possibilitar uma boa recuperação e cicatrização.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS