Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
Plásticas combinadas: que cuidados é preciso ter?

18 de novembro de 2019

O objetivo é economizar tempo, ter somente um pós-operatório e solucionar as queixas de uma só vez

Plásticas combinadas: que cuidados é preciso ter?

Excesso de pele e de gordura abdominal aliado a mamas caídas e flácidas. Esse é um corpo comum em mulheres que passam por uma ou mais gestações. O desejo por uma cirurgia plástica para recuperar as curvas é natural e muitas, inclusive, procuram fazer mais de um procedimento cirúrgico em uma única internação. O objetivo é economizar tempo, ter somente um pós-operatório e solucionar suas queixas de uma só vez. A cirurgiã plástica Dra. Larissa Oliveira explica que as cirurgias plásticas combinadas podem ser realizadas com segurança, desde que seguidas as orientações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e se faça uma avaliação criteriosa dos procedimentos que se deseja combinar.

Para ser possível realizar a cirurgia plástica combinada a paciente, de preferência, não deve apresentar excesso de peso, pois nesses casos o risco da cirurgia já é maior, e cresceria ainda mais com a combinação de procedimentos. E, claro, ela deve estar bem de saúde. A duração das plásticas combinadas depende dos procedimentos solicitados. Existe uma recomendação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para que o procedimento dure por volta de quatro horas.

“É importante explicar que o tempo cirúrgico é diferente do tempo em que a paciente entra e sai do centro cirúrgico, pois antes do começo real da cirurgia existem diversos procedimentos e preparos que demoram, bem como a sua recuperação anestésica ainda no centro cirúrgico”, esclarece a Dra. Larissa. Sabe-se que quanto mais prolongado o tempo de cirurgia, maior o risco de complicações para a paciente, com aumento de cerca de 11% a mais de risco a cada 30 minutos de acréscimo no tempo cirúrgico, segundo trabalhos científicos. Além disso, é preciso limitar as combinações de acordo com a área total do corpo a ser operada, não devendo ultrapassar os 40% de superfície corporal.

Cada tipo de cirurgia requer cuidados específicos no pós-operatório. Logo, se a pessoa fez dois ou três procedimentos cirúrgicos combinados, ela vai necessitar de determinados cuidados para cada um deles. “Costumo dizer que a média de recuperação é de 30 dias. Geralmente, após esse período, a paciente pode retornar às atividades normais”, orienta.

Associações mais frequentes

• Lipoaspiração e Abdominoplastia
• Lipoaspiração, Abdominoplastia e Mamoplastia (com ou sem implante mamário)
• Abdominoplastia e Mamoplastia (com ou sem implante mamário)
• Ritidoplastia (Lifting Facial) e Blefaroplastia (pálpebras)

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS