Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Crescimento Infantil
Os perigos de criar seu filho como um reizinho dentro de casa

4 de Janeiro de 2018

Aprenda a lidar com as birras e saiba mais sobre o Transtorno Opositor Desafiador

Os perigos de criar seu filho como um reizinho dentro de casa

Mamãe, você já enfrentou aquelas cenas terríveis de birras? Você acha que isso só acontece com os filhos dos outros? O fato é que se seu filho está na fase dos 2 a 5 anos, provavelmente já tenha dado birra em algum momento. Porém, a situação pode se complicar quando esses episódios passam dos limites, e os pais acabam tratando o filho como reizinho dentro de casa.

Para falar sobre esse assunto, a jornalista e youtuber Flávia Teodoro conversou com duas especialistas, a psicóloga Karla Cerávolo e a pediatra Dra. Simone Ramos, para o Canal do Manual da Mamãe. Em um batepapo descontraído, elas deram dicas de como os pais podem lidar com as birras e alertaram para um problema bastante comum atualmente, o Transtorno Opositor Desafiador (TOD).

Segundo as especialistas, a birra faz parte do desenvolvimento da criança. O problema é quando passa dos limites e o pequeno começa desafiar os pais em tudo. A criança extremamento opositiva, desafiadora, discute por qualquer coisa, não assume seus erros e costuma se indispor com familiares, pode ter o TOD. E a situação piora ainda mais quando os próprios pais cedem aos desejos das filhos, tratando-os como verdadeiros reizinhos dentro de casa.

Como diferenciar a birra do Transtorno Opositor Desafiador?

Segundo a Dra. Simone Ramos, é muito fácil. Quando seu filho só grita, chora, esperneia e você precisa ir embora dos lugares, quando o pequeno está sempre de mau humor, agressivo, respondendo os professores, quando de fato, a criança passa dos limites, isso é o TOD. Logo é fundamental procurar ajuda especializada.

Já a birra é bastante comum na infância da criança, porém os pais precisam saber lidar com ela. Segundo a Karla Cerávolo, a fase dos dois anos é a temida “Adolescência do Bebê”, em que ele começa a falar e querer ser independente. E a partir daí surgem as birras.

Pode bater quando dá birra? Não, por que você reforça o comportamento e depois a criança pode reproduzí-lo, ou seja, bater nos coleguinhas da escola, professores, etc.

O qua fazer no momento da birra? No momento da birra, os pais devem tirar a criança do foco. Podem reforçar o que ela tá fazendo de certo, mudar de assunto, mas nunca bater. Nessa fase a criança pode também se bater para chamar a atenção. É comum algumas crianças bater a sua própria cabecinha na parede, puxar o seu cabelinho… Por isso os pais precisam ficar atentos!

 

Atenção, pais!

Os adultos estão muito ocupados, compensando essa falta na vida dos filhos com muito “SIM”, cedendo a todas as vontades das crianças. Erro grave. Isso reforça o comportamento do “reizinho da casa”. Os pais precisam aprender a falar “NÃO”.

Os pais munca devem falar “Não” num dia e “Sim” no outro para a mesma solicitação. A criança tem que ter rotina.

É importante o pai e a mãe dar autonomia para a criança, respeitar os seus desejos desde que eles não mudem a todo momento.

É preciso seguir regras em casa. E quando se tem mais de um filho, as regras devem valer para todos.

 

Dê o play e veja mais dicas para acertar na criação dos filhos:

 

 

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS