Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
Novas armas para melhorar a flacidez após o parto

31 de outubro de 2018

A tendência é estimular a produção de colágeno na pele com bioestimuladores

Novas armas para melhorar a flacidez após o parto

Nas mulheres não é só o envelhecimento que muda a composição da cútis, provocando flacidez, mas também a gravidez, as oscilações no peso, o sedentarismo, a exposição excessiva ao sol e alguns maus hábitos. Porém, a tecnologia tem sido uma aliada e tanto nessa situação. Segundo a dermatologista membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia Dra. Soraia Damaso, a tendência é estimular a produção de colágeno na pele com bioestimuladores, produtos que proporcionam uma volumização e redução da flacidez tecidual.

“Por serem biocompatíveis, não prejudicam o organismo. Além disso, são biorreabsorvíveis, ou seja, inteiramente absorvidos, evitando riscos futuros ao nosso organismo”, informa a dermatologista. Os bioestimuladores atuam de dentro para fora, suavizando os sinais do envelhecimento, como as rugas e a flacidez, além de promover melhora da textura, elasticidade e hidratação da pele, como também aumento do volume do tecido, tanto do rosto quanto do corpo. “Isso porque ele faz com que haja crescimento na quantidade de colágeno novo na região tratada, o que proporciona um rejuvenescimento real para rosto, abdômen, braços, coxas e glúteos. Também é um excelente tratamento para as celulites”, acrescenta a Dra. Soraia.

O número de sessões a serem realizadas – sempre em consultório médico por um dermatologista ou cirurgião plástico – assim como a quantidade de produto aplicada em cada sessão é uma decisão médica, que leva em consideração as particularidades de cada paciente. Em média, são necessárias de 2 a 4 sessões, com intervalo de quatro semanas entre elas. Em relação aos resultados, o colágeno que é formado pela aplicação dos bioestimuladores tem durabilidade de aproximadamente dois anos.

Ultrassom
O ultrassom micro e macrofocado é outro tratamento bastante indicado para melhorar a flacidez. A Dra. Soraia explica que ele atinge o tecido gorduroso, fazendo a remodelação do contorno corporal. “As ondas profundas chegam até os músculos estimulando colágeno e dando sustentação. Além de destruir as células de gordura local, reorganiza as fibras de colágeno, reduzindo medidas e dando firmeza”.

Indicações para os bioestimuladores
• Flacidez corporal e perda de volume corporal, como mãos, braços e axilas, flacidez abdominal, do bumbum, das coxas, além de áreas como pescoço e colo;
• Preenchimento de sulco nasogeniano (bigode chinês) e labiomentual (rugas de marionete);
• Tratamento de perda da gordura facial, conhecido como lipoatrofia.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS