Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
Como a drenagem linfática contribui para uma gestação mais saudável?

25 de Maio de 2018

Normalmente, as sessões são iniciadas a partir do terceiro mês de gestação e realizadas pelo menos duas vezes por semana

Como a drenagem linfática contribui para uma gestação mais saudável?

Durante a vida, as mulheres passam por várias alterações hormonais e fisiológicas, mas, sem dúvidas, as maiores delas ocorrem durante a gravidez. O edema gestacional, ou inchaço, por exemplo, que afeta perto de 80% das mamães, é desconfortável, causa dor, sensação de peso e formigamentos nos membros inferiores, podendo piorar após longos períodos em pé ou com a evolução da gestação e aumento de peso corporal. Por isso, deve também ser acompanhado pelo médico devido ao sinal para pré-eclâmpsia e hipertensão arterial.

Um dos tratamentos para o edema gestacional é a Drenagem Linfática Manual (DLM), que não o cura, mas o diminui. A DLM consiste em técnicas manuais de manobras leves, suaves, rítmicas, lentas e precisas que obedecem ao trajeto do sistema linfático corporal para que haja melhor função de todo o sistema da mamãe. Normalmente, as sessões são iniciadas a partir do terceiro mês de gestação e realizadas pelo menos duas vezes por semana.

“A drenagem linfática objetiva recolocar em movimento o líquido intersticial e permitir uma maior reabsorção dos excessos de líquido e das macromoléculas por intermédio do sistema linfático; favorecer a abertura dos capilares linfáticos, eliminando os resíduos provenientes do metabolismo celular; aumentar a regeneração celular e estimular o sistema imunológico”, explica a tecnóloga em estética e massoterapia Jackeline Nunes Pereira.

Além de ajudar com os inchaços, a combinação entre drenagem linfática e gestação ajuda a relaxar, reduz o acúmulo de retenção líquida, estimula a lactação, prepara as mamas para a amamentação e previne e combate varizes, celulite e estrias.

“É importante lembrar que é fundamental que o procedimento seja executado por uma profissional especializada. Se a drenagem linfática for realizada de maneira inadequada, poderá comprometer a circulação da mamãe, causar hematomas, dores intensas, vermelhidão, deslocamentos de trombos, microvarizes, além de piorar a celulite”, alerta.

Beleza pré e pós-parto
Outros procedimentos estéticos que as mamães podem fazer durante a gestação e no período pós-parto são: limpeza de pele, massagem relaxante, hidratação facial e corporal. Já no pós-parto, a mamãe pode aproveitar alguns procedimentos estéticos. O Manthus, por exemplo, é um aparelho computadorizado que combina ultrassom de alta potência com corrente estereodinâmica, que possibilita o tratamento da gordura localizada e da celulite.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS