Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Cuidados importantes com a saúde bucal do bebê

15 de Abril de 2019

As visitas ao odontopediatra devem ocorrer com frequência

Cuidados importantes com a saúde bucal do bebê

Os bons cuidados bucais começam cedo. Mesmo antes de o bebê nascer, a grávida deve consultar um dentista para receber orientações sobre a saúde bucal do seu filho. A partir daí, as visitas ao odontopediatra devem ser periódicas. É assim que a prevenção se torna o melhor remédio e é possível manter a criança isenta do desenvolvimento da doença cárie durante toda a infância, além da possibilidade de diagnosticar precocemente outras alterações. Para entender o que os pais podem fazer para cuidar corretamente dos dentinhos do seu filho, confira a entrevista completa com a odontopediatra Dra. Liliane Narciso:

Quando levar o bebê pela primeira vez ao odontopediatra?
O bebê deve ir ao consultório pela primeira vez ainda na barriga da mãe, no pré-natal odontológico. Durante a consulta no terceiro trimestre de gestação, a mãe irá receber orientações e esclarecimentos sobre a importância do aleitamento materno para a saúde bucal do bebê, os cuidados com a mama para conseguir amamentar, e sobre a importância de não introduzir bicos artificiais de maneira alguma. Depois, nos primeiros dias de vida, o bebê deve ser avaliado por um odontopediatra focado em reforçar as orientações do pré-natal, estimulando o aleitamento exclusivo com livre demanda, para avaliação do freio lingual e também para examinar as estruturas orofaciais, como a mandíbula do bebê. Depois dessa primeira avaliação, o bebê deve voltar ao nascer o primeiro dente ou quando a mãe for introduzir outros alimentos além do leite materno.

De quanto em quanto tempo a criança precisa visitar o odontopediatra?
Nos primeiros meses de vida do bebê, a rotina muda rapidamente. O ideal é que a criança vá ao consultório a cada três meses. Assim pais e bebês são acompanhados de perto e recebem orientações relativas à importância da alimentação, mastigação e dieta a cada etapa de desenvolvimento da criança. E, principalmente, forma-se o vínculo de confiança entre a criança, a família e o odontopediatra.

Precisa haver higienização bucal quando o bebê ainda não tem dentinhos?
Podemos limpar a boquinha do bebê com dedeira de uma a duas vezes ao dia no máximo para ele se acostumar a ter a boca manipulada. Mas a escovação só deve ser iniciada rotineiramente a partir do aparecimento do primeiro dentinho. Com uso de escova, pasta dental com flúor após as principais refeições e antes de dormir. É muito mais fácil formar hábito com um dentinho do que esperar a criança estar com mais dentes para iniciar a rotina de higiene bucal.

Que técnicas de escovação posso ensinar a meus filhos?
Como disse, precisamos formar rotina de escovação com as crianças desde o nascimento do primeiro dente. A melhor técnica para ensinar para a criança é a da “bolinha”, fazendo movimentos circulares com a escova. Dessa forma, toda a extensão do dente é limpa. Na parte de cima dos dentes, indico a de “vai e vem”. E, claro, deve-se escovar a parte interna dos dentes, e língua também. Por fim, o uso do fio dental é imprescindível.

Qual é a importância da alimentação na saúde bucal da criança?
A alimentação tem um valor fundamental na saúde bucal da criança. O consumo de alimentos açucarados e a não realização da higiene bucal logo após o consumo é a causa do desenvolvimento da cárie. Já a consistência dos alimentos vai interferir diretamente no desenvolvimento das arcadas dentárias. A partir da erupção do primeiro dente, a criança deve mastigar alimentos duros, secos e fibrosos para estimular o crescimento dos arcos dentários, evitando assim falta de espaço para os dentes permanentes.

Qual a melhor forma de prevenir cáries?
Hoje sabemos que a cárie é uma doença de comportamento. O comportamento que causa cárie é consumir alimentos açucarados e não escovar os dentes depois. Ou seja, a melhor maneira de prevenir a carie é: controle de dieta e bons hábitos de higiene. A criança só deve ter contato com o açúcar depois dos dois anos de idade e sempre que consumir açúcar deve escovar os dentes e passar fio dental.

O que é selante dental e como saber se meu filho precisa usá-lo?
Selante é um material indicado para os dentes mais posteriores da boca para evitar incidência de cárie. Foi usado durante muito tempo como um dos pilares de prevenção contra a cárie. Hoje, com os conhecimentos que temos dos fatores responsáveis pelo aparecimento da cárie, o selante já não tem mais as mesmas indicações. Ele é indicado só para pacientes com alta incidência de lesões de cárie e em casos bem específicos.

O que fazer se meu filho quebrar um dente?
Em caso de acidentes e fratura dos dentes, os pais devem manter a calma, avaliar o que aconteceu, procurar o fragmento do dente, se houver, e já entrar em contato imediato com o odontopediatra da criança para as devidas condutas a serem tomadas. Quanto mais cedo a criança for avaliada pelo especialista depois de um trauma, melhor, pois alguns traumas podem trazer consequências para os dentes permanentes.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS