Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde do Bebê
Crianças sem marca no braço não precisam de nova dose da vacina BCG

1 de Março de 2019

Ministério da Saúde diz que não há evidências de qualquer benefício na repetição da vacinação

Crianças sem marca no braço não precisam de nova dose da vacina BCG

Crianças que não desenvolviam a clássica marca no braço até seis meses após tomarem a vacina BCG, que protege contra a tuberculose, tinham que receber uma nova dose. Porém, o Ministério da Saúde acaba de anunciar que a imunização não necessariamente deixa marcas na pele.

“Os estudos têm mostrado que a ausência de cicatriz não está relacionada a falta de proteção, e não há evidências de qualquer benefício na repetição da vacinação”, afirma a Sociedade Brasileira de Pediatria.

Como a cicatriz é resultado da reação do corpo à bactéria Mycobacterium bovis, usada na fabricação da vacina, se acreditava que o surgimento dela confirmava que o corpo havia aprendido a se defender do bacilo causador da doença.

A BCG
A BCG previne especialmente as formas mais graves de tuberculose e é aplicada geralmente nos recém-nascidos, mas pode também ser usada em crianças de até cinco anos. Ela é feita com o bacilo de Calmette-Guérin, obtido pelo enfraquecimento de uma das bactérias causadoras da tuberculose. A proteção garantida pela dose recebida na infância é vitalícia, ou seja, não precisa ser reforçada.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS