Política de Privacidade Como Anunciar
Dicas do Enxoval Quando Vai Nascer Seu Bebê na Capa Ver Todos
Filtrar por Semana de Gestação
Crescimento Infantil
Como a psicopedagogia pode ajudar na educação da criança?

2 de julho de 2019

Ao atuar no âmbito clínico ou profissional, psicopedagogo ajuda em casos de dificuldades de aprendizagem

Como a psicopedagogia pode ajudar na educação da criança?

Ainda são poucas as pessoas que possuem uma ideia do que seja a psicopedagogia e qual o trabalho realizado por um psicopedagogo. Caracteriza-se pela ciência que une duas áreas do saber: a psicologia e a pedagogia. A partir disso, as psicopedagogas e assessoras educacionais da Discere Psicopedagogia Luana Brunatti Flasmo, Roberta Valenza Janiski e Thamyres Fernanda Bondan respondem às principais dúvidas sobre o assunto:

Qual o papel do psicopedagogo?
O psicopedagogo é o profissional preparado para lidar com a aprendizagem e suas intercorrências. Atua na prevenção, identificação e intervenção psicopedagógica com métodos, instrumentos e técnicas próprias da psicopedagogia.

Em quais ambientes esse profissional pode atuar?
O psicopedagogo pode atuar no âmbito clínico ou institucional. Na instituição o atendimento é em grupo, ressignificando o processo de aprendizagem grupal e identificando ruídos na comunicação; realiza a mediação entre os subgrupos, clareando seus papéis e funções; e identifica sintomas de dificuldades do grupo e organiza projetos de prevenção. No ambiente clínico o atendimento na avaliação é realizado individualmente, enquanto que a intervenção pode ser individual ou grupal. O profissional procura devolver o prazer em aprender e propiciar uma aprendizagem significativa e autônoma, identificando os possíveis sintomas que obstaculizam a aprendizagem, buscando as causas.

Qual a diferença entre dificuldade e transtorno de aprendizagem?
As dificuldades de aprendizagem são de caráter cognitivo, funcional, social ou afetivo e afetam o sujeito em sua totalidade. Suas causas podem ser de inúmeros fatores e afetar distintas competências. Podemos considerar o problema de aprendizagem como um “sintoma”, não permanente, e quando bem trabalhado, será superado. Diferentes das dificuldades, os transtornos de aprendizagem são de causa patológica, resultando em impedimentos de caráter neurológico, cognitivo ou motor. O sujeito diagnosticado com transtornos não aprende da maneira convencional e precisa de métodos e materiais adaptados.

Quando devo procurar um psicopedagogo?
Ainda que a maior procura por um profissional seja quando identificados obstáculos na aprendizagem, vale lembrar que o psicopedagogo trabalha com a aprendizagem em geral, tanto nas dificuldades como nas potencialidades. Em relação às dificuldades, escolhemos alguns exemplos: atraso no desenvolvimento global; dificuldade de adaptação; baixo rendimento escolar; lentidão na leitura e escrita de acordo com a idade; falta de atenção, concentração e memória; falta de interesse pelos estudos; retenção do ano escolar; entre outros fatores.

Como o psicopedagogo pode auxiliar a criança com obstáculos na aprendizagem?
Inicia-se com a avaliação psicopedagógica, a qual consiste em conversas com os responsáveis, explicação do funcionamento do processo, testes específicos com o cliente, visita à escola para conversar com a equipe pedagógica, análise do material escolar, observação do sujeito dentro da instituição e anamnese (entrevista familiar para levantamento de dados históricos). Após o levantamento de todos os dados, ao final, são apresentadas devolutivas individuais para a família, a escola, a criança e demais profissionais envolvidos, expondo os dados levantados durante a avaliação. Posteriormente, sugere-se a intervenção psicopedagógica na qual são trabalhadas diferentes estratégias em cima do resultado da avaliação. Vale ressaltar que, diferente de um professor particular, o psicopedagogo não trabalha conteúdos escolares ou auxilia nas atividades da escola, mas estimula as áreas de aprendizagem a fim de resgatar o interesse em aprender e proporcionar maior autonomia no processo de aquisição do conhecimento.

Como a família pode auxiliar a criança com obstáculos na aprendizagem?
Quando já realizada uma avaliação psicopedagógica, os responsáveis receberão do psicopedagogo informações necessárias para auxiliar a criança em diversos aspectos. Dentre elas, destacam-se: rotina, conversas sobre diversos assuntos além da escola, atividades em família, leituras em grupo, entre outras. Lembramos que cada caso é muito particular, dessa forma, as sugestões são singulares a cada resultado.

Como a escola pode auxiliar a criança com obstáculos na aprendizagem?
A instituição escolar deve incentivar os estudos e buscar estratégias atrativas para as atividades, estabelecendo um bom acompanhamento durante as aulas. Envolver a turma é uma maneira positiva na interação com o grupo. Assim, o sujeito com possíveis dificuldades não se sentirá excluído e poderá contar com o apoio dos colegas. O papel da escola é muito mais do que apresentar conteúdos. É preciso acreditar no aluno como um indivíduo integral! Em todos os casos, a criança precisa da segurança e do apoio de seus responsáveis, da instituição escolar e dos demais profissionais envolvidos. Juntos, podem auxiliar o indivíduo a contornar possíveis obstáculos. É fundamental mostrar para o sujeito que ele não está sozinho e que conseguirá vencer as dificuldades!

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS