Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Atualidades
Barriga solidária: a história da amiga que está gerando o filho para outra

12 de Março de 2018

A youtuber Flávia Teodoro conversou digital influencer Lu Salatiel que está esperando um bebê gerado na barriga de sua amiga

Barriga solidária: a história da amiga que está gerando o filho para outra

Um assunto que ainda é desconhecido por muitas mulheres, a Barriga Solidária poder ser a realização do sonho de muitos casais. É uma gravidez que envolve o casal e uma mulher. O casal doa seus gametas, que serão fecundados in vitro e implantados no útero da mulher que vai gerar o bebê.

Esse método possibilitou a digital influencer Lu Salatiel realizar o seu sonho de ser mãe. Ela vai ter um bebê gerado por outra mulher. A amiga Allana é sua Barriga Solidária. Para contar essa história, a youtuber Flávia Teodoro do Canal do Manual da Mamãe conversou com a Lu Salatiel e a Allana, que explicaram todo o processo.

Com 43 anos, casada há 17 anos, sem poder gerar um filho, uma tentativa anterior frustrada de Barriga Solidária, insucesso na fila de adoção, Lu Salatiel encontrou o anjo Allana e fez novamente a Fertilização in Vitro, usando o útero da amiga para gerar o Pedro, que logo, logo está chegando.

Aos três meses de gravidez, Lu Salatiel descobriu um câncer de mama. Viveu um período muito difícil, fez uma cirurgia e ainda está em tratamento contra a doença. E a cada dia, ela vence uma batalha e renova suas forças.

 

Emocione-se com essa linda história:

 

 

 

Barriga Solidária

A barriga solidária deve ser um ato voluntário e sem qualquer interesse comercial. O método é regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina. E não é qualquer mulher que pode gerar o bebê. A doadora temporária precisa ter um grau de parentesco de até quarto grau com a mãe biológica (mãe, avó, irmã, tia ou prima). Nos casos em que esse grau não seja atendido, deve haver um pedido junto ao Conselho Federal de Medicina que fará uma análise que poderá autorizar ou não o processo de barriga solidária.

Lu Salatiel iniciou a Campanha #BarrigaSolidaria para inspirar e encorajar outras mulheres que não podem gerar filhos a serem mães por meio desse procedimento.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS