Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Crescimento Infantil
8 em cada 10 cadeirinhas são utilizadas incorretamente

26 de outubro de 2018

Campanha de conscientização alerta sobre o uso correto de equipamentos de segurança no carro para crianças

8 em cada 10 cadeirinhas são utilizadas incorretamente
O trânsito é a causa acidental que mais mata crianças no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, 3 a 4 crianças de até 14 anos morrem todos os dias devido ao trânsito, além de outras 33 que são hospitalizadas. Observa-se ainda que o uso correto dos equipamentos de segurança (bebê-conforto, cadeirinhas e assento elevado) poderiam reduzir em 71% os óbitos, segundo a OMS.
Os números chocam não apenas pelo tamanho do perigo, mas também por deixar claro que é necessário falar mais a respeito. Todos sabem que é importante usar a cadeirinha, mas os detalhes a observar na escolha, instalação e uso são muitos, levando a um cenário em que 8 a cada 10 equipamentos são utilizados incorretamente. E quais são os erros mais comuns?

1. Escolha do Equipamento
A escolha do equipamento certo é pelo peso e altura da criança. A idade é só um indicativo.

2. Instalação do Equipamento
Segurando na base, tente balançar a cadeirinha com força, se ela se mover mais de 2,5 cm para qualquer direção é porque a instalação está incorreta.

3. Quando mudar para o cinto
O cinto de segurança é feito apenas para pessoas com mais de 1.45m, mesmo que a criança já tenha completado 8 anos

Campanha
Com experiência de causa devido há anos de trabalho no atendimento de usuários, as concessionárias de rodovias Triunfo convidaram o Instituto Triunfo, elo de atuação social da companhia, a criar o projeto “Que brinCadeira é essa?”, com apoio da Burigotto, agência Nossa Causa e da produtora Bem-te-Vi.
O projeto vai contar com vídeos de sensibilização, um site com dicas personalizadas de acordo com o peso e altura da criança e dicas básicas sobre a compra, instalação, ajuste do cinto e adaptação ao uso dos equipamentos. Você pode acessar clicando aqui.
No site também é possível acessar uma série de vídeos informativos e um espaço de interação das famílias, em que podem compartilhar depoimentos de como fizeram para superar a resistência inicial das crianças para transportar seus filhos de forma segura (e feliz) nas cadeirinhas.

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS