Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
7 tratamentos para combater a flacidez no pós-parto

13 de julho de 2018

Para combater a flacidez é essencial atuar sobre as fibras de colágeno para estimular a formação de novas fibras

7 tratamentos para combater a flacidez no pós-parto

Após o período gestacional é hora da mamãe se readaptar ao corpo. São necessários cuidados especiais e, com cautela, tudo pode voltar aos seus devidos lugares. A flacidez, por exemplo, é uma das principais queixas no pós-parto e surge devido ao excesso de pele originada pelo afastamento dos músculos da parede abdominal e do reto abdome que se separam para dar espaço ao crescimento e desenvolvimento do útero.

Segundo a biomédica esteta da La Vie Sophistiqué, Amanda Piccirilli, o colágeno é o principal elemento proteico que promove firmeza e sustentação da pele, evitando a aparência enrugada e elástica. Assim, para combater a flacidez é essencial atuar sobre as fibras de colágeno para estimular a formação de novas fibras. A especialista separou alguns tratamentos que aceleram este processo. Conheça:

  1. Radiofrequência: emite energia sobre ondas de rádio com o objetivo de aquecer o tecido e promover estímulo de colágeno e elastina, melhorando a textura da pele e promovendo sustentação. É indicado para tonificação da pele, rejuvenescimento e redução de estrias. Pode ser realizado 40 dias após o parto e durante a amamentação.
  2. Corrente russa: promove estímulo para a contração muscular por meio de corrente elétrica com o objetivo de combater a flacidez, diástase, celulite e gordura localizada. Pode ser realizado três meses após o parto e durante a amamentação.
  3. Drenagem linfática: é uma massagem que estimula o sistema linfático, auxiliando na eliminação de líquidos e toxinas que se acumulam nos espaços teciduais. Indicado para amenizar celulite, perda de medidas e retenção de líquidos oriundos do pré e pós-operatório de cirurgia plástica ou cesariana. Pode ser realizada 40 dias após o parto e durante a amamentação e gestação.
  4. Massagem modeladora: melhora a oxigenação dos tecidos e modela o corpo reduzindo gordura localizada, celulite e flacidez. Pode ser realizado durante a amamentação e 40 dias após o parto normal e três meses da cesariana. Não é indicada durante a gestação.
  5. Carboxiterapia: consiste na aplicação subcutânea de CO2 medicinal. Ativa microcirculação local, remodela o corpo, reduz edema e processo inflamatório, melhora elasticidade de tônus da pele e qualidade dos tecidos. Indicada para reduzir olheiras, celulite, gordura localizada, estrias, flacidez, queda de cabelo e promover rejuvenescimento. Não é indicada para gestante, pode ser realizada três meses após o parto e não deve ser aplicada na região mamária durante a amamentação.
  6. Endermologia: melhora a circulação sanguínea superficial, sistema linfático e tecido conjuntivo. Indicado para redução de celulites, gordura localizada, retenção de líquidos e remodelagem corporal. Pode ser realizada três meses após o parto e durante a amamentação. Não é indicada para gestante.
  7. Mesoterapia: Consiste na injeção de substâncias rejuvenescedoras que hidratam e regeneram a pele diminuindo a flacidez. Pode ser associada ao microagulhamento. Não é indicada para gestante e durante o período de amamentação.

Amanda-biomedica 7 tratamentos para combater a flacidez no pós-parto

Amanda Piccirilli, biomédica esteta da La Vie Sophistiqué

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS