Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Beleza da Mamãe
5 sinais que você precisa de uma cirurgia plástica

21 de setembro de 2017

Procedimento muitas vezes é necessário para melhorar a autoestima

5 sinais que você precisa de uma cirurgia plástica

Fazer uma cirurgia plástica é uma decisão que vem acompanhada de vários sinais, que nem sempre você relaciona ao assunto, mas indicam que pode ser a hora de optar pelo procedimento para melhorar a autoestima. Pedimos ao cirurgião plástico Dr. Robson Netto que listasse quais são eles. “É claro que os sinais não são necessariamente um alerta, mas é importante que quem deseja se submeter a um procedimento cirúrgico, seja ele qual for, tenha em mente um objetivo claro do que gostaria de melhorar”, alerta o Dr. Robson.

Confira os comentários do especialista:

  • Introspecção. O primeiro sinal da necessidade de uma cirurgia plástica é uma mudança de comportamento que pode surgir ainda na infância. Isso ocorre na fase escolar onde as crianças começam a notar as diferenças corporais até a adolescência. A primeira cirurgia a ser indicada é a cirurgia de orelha de abano, pois aos 8 anos ela está quase que formada da forma que irá se manter na vida adulta. Na adolescência tardia já passa ser a cirurgia do nariz, pois até essa fase ainda ocorrem algumas transformações e até traumas (comum mais no sexo masculino pela intensa prática de esportes).
  • Necessidade de sentir-se melhor em uma roupa. Um dos primeiros motivos da visita a um consultório de cirurgia plástica é o desejo de sentir que uma roupa fique melhor no corpo. Neste caso pode ser um decote (que abrange as cirurgias de prótese mamária, redução ou erguer os seios), uma de contorno corporal (que pode ser desde a abdominoplastia até a liposescultura). Esse desejo surge em praticamente duas fases da vida de uma mulher que são: no início da vida adulta e após as gestações que, não por coincidência, ocorrem em momentos de grande transformações tanto do corpo quanto da fase de maturidade.
  • Dificuldade para se maquiar. Após a melhora corporal, demora algum tempo até sentir que a face começa a dar sinais da idade e já não vê o mesmo resultado na maquiagem. A primeira cirurgia neste caso, na maioria das vezes, começa com a cirurgia das pálpebras (blefaroplastia). Algumas vezes consegue-se adiar com o uso de botox, preenchimentos, fios de sustentação, porém são recursos que podem ser complementares à cirurgia.
  • Sensação que possui mais disposição do que aparenta. Neste caso, ocorre quase que como um virar de página. Um dia a pessoa acorda com a sensação de que o rosto que vê no espelho não representa a jovialidade que possui. Essa fase é marcada por sinais maiores, que precisam de uma cirurgia de face. Muitas vezes também vem motivada por algum evento importante como um casamento, uma formatura de algum familiar.
  • Dificuldade de atingir objetivos apenas com exercícios. É preciso ter cuidado com este item. Pois muitas vezes pode ser a cereja do bolo (apenas um detalhe para atingir o resultado tão esperado), mas também pode ser o indício da busca de algo inatingível (uma busca constante pela perfeição irreal, podendo inclusive fazer parte de um quadro clínico chamado dismorfismo corporal).

 

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS