Olá, em qual região
você está?
Selecione seu Estado:
Política de Privacidade Como Anunciar
Filtrar por Semana de Gestação
Saúde da Mamãe
Os benefícios da fisioterapia para gestantes
245

Prevenir disfunções, amenizar dores e preparar a mulher para o parto são os principais objetivos da fisioterapia na gravidez. A gestante pode começar o tratamento assim que o médico obstetra responsável autorizar. Normalmente após 12 semanas gestacionais já seria interessante passar por uma avaliação e iniciar os primeiros exercícios preventivos de disfunções. O ideal é buscar por um local com atendimento personalizado, onde cada atividade será pensada para seu bem-estar e saúde, destaca a fisioterapeuta Dra. Dilliany Soares, da clínica D&G Fisio e Pilates. Sendo assim, a fisioterapia atua ajudando da seguinte forma:

Fisioterapia em Obstetrícia: favorece a biomecânica da região sacro-ilíaca, equilibra a musculatura pélvica, facilita uma boa relação entre vértebras da coluna lombar, pelve e a região sacral, e trabalha o tônus muscular da pelve para uma boa sustentação durante toda a gravidez, resultando ainda na preparação da musculatura para o parto normal.

Drenagem Linfática: previne o aumento da retenção de líquido típico na gravidez, estimula a lactação, combate varizes, celulite e estrias, e é extremamente relaxante.

Pilates: o pilates é um dos métodos mais indicados para gestantes, já que com os exercícios é possível proporcionar um melhor alinhamento postural; aumento do equilíbrio; flexibilidade dos músculos, que tendem a encurtar mais na gravidez; fortalecimento muscular; ganho de consciência corporal e relaxamento.

R.P.G: a Reeducação Postural Global (R.P.G) melhora o sistema circulatório por meio da manutenção e do alongamento muscular, além de corrigir e condicionar o corpo da mamãe a manter a postura o mais próximo do estado fisiológico. Por meio do alongamento muscular e da liberação miofascial a R.P.G permite que o corpo da gestante realinhe articulações e a postura evitando alteração da descarga de peso, amenizando o deslocamento do centro gravitacional, combatendo as dores na região lombar presentes durante o período gestacional.

Hidroterapia: os benefícios da atividade física em imersão se destacam pela possibilidade de controle do edema gravídico, incremento da diurese e prevenção ou melhora dos desconfortos musculoesqueléticos. Além disso, aumenta a capacidade do organismo materno em eliminar calor, aumenta a capacidade cardiovascular, promove o relaxamento corporal e controle do estresse, proporcionando conforto e bem-estar.

Pós-parto: no pós-parto a fisioterapia é indicada para recuperar a estrutura inicial da musculatura tanto do períneo quanto do abdômen, podendo ainda ser aliada a diversos tratamentos estéticos para tratar gordura localizada ou flacidez.

 

 

VAMOS COMPARTILHAR?

COMENTÁRIOS